Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2014

Postagem em destaque

As Metáforas das Tamareiras

POR VANDI DOGADO  Certa vez ouvi de um palestrante a belíssima lenda de origem árabe que diz: “quem planta tamareira não colhe tâmaras”. Um afoito espectador na plateia interrompeu-o, erigindo a mão direita e, sem aguardar o devido consentimento, logo emendou em tom elevado e extenso: Mas, pooorqueeeee, senhor? O palestrante como se já esperasse o questionamento manifestou um incógnito sorriso e elucidou que a tamareira leva aproximadamente 100 anos para produzir frutos, ou seja, se considerarmos que a plantemos aos 20 anos de idade, teríamos de viver 120 anos para colher suas tâmaras. Considerei o provérbio esplêndido, porque dele se podem extrair nobres ensinamentos de linguagem e de sapiência. Primeiramente, se tomarmos a expressão no sentido denotativo, defrontemo-nos com uma típica falácia, pois, ainda que naquela época a expectativa de vida fosse baixa, haveria exceções para qualquer ser humano que plantasse a árvore antes dos vinte anos. Por exemplo, se uma criança de 10 anos

Qual foi o primeiro romance da história? Ponto para as mulheres!

Imagem
POR VANDI DOGADO Não se sabe ao certo, mas provavelmente o primeiro romance da história tenha sido escrito por uma mulher (Que bom!). Mesmo nascendo na classe nobre, como foi o caso de Murasaki Shibiku, mulheres eram proibidas de ler, tornando seu feito ainda mais extraordinário. Que feito? A autora japonesa Murasaki escreveu em 1007 o livro “A História de Genji”, que relata a vida de um príncipe em busca de amor e sabedoria. É muito legal saber que uma mulher numa época extremamente machista tenha produzido uma obra literária considerada um clássico da literatura universal. Harold Bloom, um dos maiores críticos literários da atualidade, colocou-a entre os cem maiores gênios da literatura. Seu longo romance possui muitas personagens e explora questões psicológicas, tornando a autora pioneira nesse gênero. Hoje, dedico este artigo às mulheres que tanto foram exploradas no decorrer da história, mas mesmo assim contribuíram para a construção social.

O poeta Manuel Bandeira era mentiroso (?)

Imagem
POR VANDI DOGADO O brilhante autor português Fernando Pessoa expressou magistralmente que “ O poeta é um fingidor. Finge tão completamente. Que chega a fingir que é dor. A dor que deveras sente” . Desta forma, se entendermos que fingir é uma ação de perfídia, o poeta seria um grande mentiroso. Devemos lembrar que somente mentiras com o objetivo de prejudicar outras pessoas são condenáveis. Já mentiras literárias são benéficas, pois servem para enriquecer o imaginário e os sentimentos dos leitores. Manuel Bandeira, um ícone da poesia brasileira, levou tão a sério as palavras de Fernando Pessoa que exagerou na mentira. Que vergonha, Manuel! Ele afirmou que aos dez anos de idade estivera com Machado de Assis e recitou um grande trecho de “Os Lusíadas” de Camões para o gênio de nossa literatura. Alguns anos mais tarde, arrependido, Manuel Bandeira declarou que inventou a história para só para se destacar no cenário literário do Brasil. Por ter tido a coragem de contar a verdade, g

Conheça as sinopses dos livros de Vandi Dogado

Imagem
Sempre amei Literatura, contudo meus dois primeiros livros são acadêmicos, o 1º foi “Inteligência e Aprendizagem: desafios mentais”, um estudo sobre nossa inteligência e a capacidade de aprender (um de meus livros mais vendidos) e o 2º livro foi “Escrita e Leitura: novas tecnologias da informação e comunicação”, uma crítica à escrita e à leitura fragmentadas no mundo das redes sociais. Já o 3º livro “Quim Nunca Esteve Lá” foi literário, um conjunto de causos populares (contos) muito divertidos de uma personagem quixotesca e o 4º livro “O Templo de Aiakos”, traduzido para o inglês e o espanhol, é meu livro mais vendido em todo o mundo, principalmente nos países anglo-saxônicos. Agradou por ser um livro de mistério e suspense em que o enredo se desenvolve em Boston, faz parte de uma trilogia. Abaixo segue a sinopse de todos eles: Inteligência e Aprendizagem: desafios mentais O que é inteligência? Podemos aumentá-la? Pessoas com alto QI são mais bem sucedidas? Ômega 3 faz bem pa

Bloqueio Criativo Existe?

Imagem
Escritores sempre debateram sobre o famoso bloqueio criativo e a falta de inspiração para principiar ou prosseguir com uma obra literária. Eu tenho uma ideia assaz distinta sobre os dois grandes inimigos dos artistas: não existem! Pelo menos do jeito defendido, jamais! Não há nada que impeça as ideias surgirem ou desaparecerem magicamente. O que existe de fato é um conjunto de elementos dificultadores ou facilitadores das operações mentais: cansaço, estresse, má digestão, preocupações, entre outros fatores psicológicos e físicos. Não digo que deva haver uma excessiva tranquilidade, pois alguns autores escrevem melhor quando estão inquietos ou indignados com alguma injustiça, mas dever haver condições intelectivas adequadas para escrever. Se quiserem chamar de bloqueio e inspiração, tudo bem, contudo se deve observar as causas deste fenômeno. Não se trata de presença ou ausência do relevantíssimo espírito criativo, mas de um estado energizante ou desgastante do próprio corpo. As

The Temple of Aiakos, this is a book for strong hearts

Imagem
Frederick, MD July 21, 2014 – America Star Books is proud to present The Temple of Aiakos by Vandi Dogado from Brazil. After murdering his own parents, Peter Butller received a large fortune and built a large underground building, which he named “The Temple of Aiakos,” named after one of the sons of Zeus. Obsessed with becoming a genius, Butller kidnaps a psychologist, a Nobel Prize winner, three children from a school; three young men with high IQ, a cryptographer of the CIA and an FBI agent, in order to perform scientific experiments and create the Pill of Intelligence. There are terrible experiences and mysterious and brutal murders that occur in Temple Aiakos. It is unclear who is mainly responsible for the deaths, and it is very difficult to unravel who is the protagonist and who is the antagonist. The author offers tips through psychopathological features, so the reader must be attentive in order to discover who is involved in the crimes. This is a book for strong heart

Em Havard foi encontrado um livro com capa de pele humana

Imagem
POR VANDI DOGADO  Caro leitor, você pensa que já viu tudo na vida? Que tal um livro encapado com pele humana? Estranho? Bastante! Resta saber de quem era a pele, dizem que foi extraída de um deficiente intelectual, mas essa é uma tarefa difícil de ser comprovada, já que chegaram a deixar dúvidas se a pele é realmente humana. Os pesquisadores de Havard disseram que têm 99% de certeza de que é pele de gente. Como? Pensei que "certeza" fosse 100%! Tudo bem! Até os intelectuais de lá cometem impropriedades lógicas. Leia a matéria logo abaixo:  A Universidade de Harvard descobriu um livro em sua biblioteca cuja capa é feita com pele humana. A obra "Des destinées de l'ame" ("Os destinos da alma") foi escrita no século 19 pelo francês Arsène Houssaye.  A descoberta foi anunciada no blog da biblioteca Houghton, de Harvard. Segundo Alan Puglia, da área de conservação de livros raros da universidade, os pesquisadores têm 99% de certeza de que a capa do

Como Ignácio Loyola Brandão Decidiu Ser Escritor

Imagem
Hoje, tive a honra de conhecer o eminente escritor Ignácio Loyola Brandão, uma verdadeira simpatia. Dei-lhe de presente meu livro “O Templo de Aiakos”, em troca ele me concedeu uma grande alegria: suas divertidas histórias, tão gostosas de ouvi-las quanto as que lemos em seus livros. Uma delas chamou-me a atenção: em sua época de escola, Loyola sentia-se excluído e desenturmado, os amiguinhos tinham namoradas, mas o futuro escritor vivia na solidão. Como considerou que não tinha mais jeito, buscou sua namorada no mundo da fantasia, apaixonou-se por Branca de Neve; contudo, incomodava-se com a exploração doméstica que os sete anões impunham a ela. Um dia, sua professora pediu-lhe uma narração justamente sobre Branca de Neve, disse-lhe para usar livremente a imaginação. Então, Loyola não pensou duas vezes e se vingou dos sete anões, matou-os impiedosamente. No intervalo das aulas, passou a ser respeitado e admirado, os meninos comentavam: “Puxa! Ignácio matou os sete anões”. Já as

Pesquisa indica que leitores são mais legais

Imagem
Pesquisadores da Universidade de Washington e Lee (EUA) realizaram um teste interessante: voluntários leram uma pequena história, depois responderam um rápido questionário para verificar quem tinha gostado mais da historinha, neste momento os pesquisadores derrubaram propositadamente várias canetas no chão. O estudo constatou que quanto mais o leitor "viajava" na narração, tinha maior propensão de levantar-se e pegar as canetas. A explicação é que criamos empatia com as personagens e tendemos a colaborar mais facilmente com o próximo.  Vandi Dogado, autor de O Templo de Aiakos  Fonte: Superinteressante  #livros #ebook #literatura

Mercado Editorial de E-books e Plataformas de Autopublicação

Imagem
POR VANDI DOGADO  O mercado editorial de livros passa por incertezas com o advento do livro digital. Nos EUA os e-books tornaram-se sucesso de venda, mas não superam os livros impressos. Já no Brasil os livros digitais não alcançam 1% do total de livros vendidos. As plataformas de autopublicação vieram proporcionar oportunidade aos novos escritores e, até mesmo, aos consagrados. Infelizmente, a maioria das plataformas não consegue oferecer bons serviços, dificilmente os autores recebem royalties, aguardam meses pela venda de um único livro e nada. Quando se cansam e resolvem excluir os e-books do painel de controle do autor, eles permanecem à venda na loja virtual da plataforma, gerando grande problemas com concorrentes que exigem exclusividade. A Amazon é uma das que exige essa exclusividade e sua plataforma “Kindle Publishing” por enquanto é a única que obteve êxito no setor digital. Oferece uma gama de possibilidade aos autores como divulgação, escolha de preço e promoções atraentes

PARCEIROS

Total de visualizações de página