Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2014

Postagem em destaque

As Metáforas das Tamareiras

POR VANDI DOGADO  Certa vez ouvi de um palestrante a belíssima lenda de origem árabe que diz: “quem planta tamareira não colhe tâmaras”. Um afoito espectador na plateia interrompeu-o, erigindo a mão direita e, sem aguardar o devido consentimento, logo emendou em tom elevado e extenso: Mas, pooorqueeeee, senhor? O palestrante como se já esperasse o questionamento manifestou um incógnito sorriso e elucidou que a tamareira leva aproximadamente 100 anos para produzir frutos, ou seja, se considerarmos que a plantemos aos 20 anos de idade, teríamos de viver 120 anos para colher suas tâmaras. Considerei o provérbio esplêndido, porque dele se podem extrair nobres ensinamentos de linguagem e de sapiência. Primeiramente, se tomarmos a expressão no sentido denotativo, defrontemo-nos com uma típica falácia, pois, ainda que naquela época a expectativa de vida fosse baixa, haveria exceções para qualquer ser humano que plantasse a árvore antes dos vinte anos. Por exemplo, se uma criança de 10 anos

Bolsonaro e a Crise de Valores Culturais no Brasil

Imagem
POR VANDI DOGADO A expressão do Deputado Jair Bolsonaro “não a estupraria, porque você não merece” dirigida à Deputada Maria do Rosário reflete uma avacalhação dos valores sociais e culturais. Muitos estão concedendo pouca importância ao caso, mas o fato é extremamente grave. Primeiramente, porque deputados não estão acima da lei, depois porque a expressão não é só de mau gosto, é criminosa. A Justiça e a sociedade não podem permitir este tipo de comportamento, pois daqui uns dias homens poderão achar-se no direito de perpetrarem ações similares às mulheres. A declaração de Bolsonaro provoca uma divisão em duas classes de mulheres: as que merecem e as que não merecem ser estupradas. Que tipo de mulher merece ser estuprada? Nenhuma! Toda relação entre homens e mulheres deve ser consensual e jamais impositiva. Um homem com a mentalidade perigosa de Bolsonaro não pode representar os interesses do povo. Ele deveria perder o mandato e ser condenado por incitação ao estupro. Vandi Dogad

Três tipos muito perigosos de profissionais

Imagem
POR VANDI DOGADO 1º Alpinista Social – são mentirosos, invejosos e bajuladores dos chefes, inventam histórias e criam intrigas para prejudicar os colegas, só tratam bem os que possuem cargos hierárquicos mais altos, uma vez que conseguem um cargo acima passam a tratá-los com esnobismo. Não importam os meios para galgar melhores posições: lícitos ou ilícitos, morais ou imorais. Possuem sérios desvios de caráter.  2º Sádico – são pouco interessados em estratégias para conseguir promoções, fazem fofocas somente com o objetivo de prejudicar os colegas com a simples pretensão de buscar prazer no sofrimento alheio.  3º Psicopata – É uma mistura do “alpinista social” e do “sádico”: são dissimulados, mentirosos e bajuladores. Destroem os colegas de trabalho para conquistarem espaço na empresa, mas também sentem enorme prazer no sofrimento alheio, com uma diferença do “sádico”, são desprovidos de afeto e possuem elevada inteligência emocional, por isso convencem os chefes com muit

Diferença entre felicidade e sucesso

Imagem
POR VANDI DOGADO Caros leitores, há algumas confusões que não nos permitem avançar adequadamente em nossos projetos pessoais e profissionais. Uma delas consiste na sutilidade significativa entre FELICIDADE e SUCESSO, deixo claro que este último não se refere à fama, mas às conquistas almejadas por nós. Algumas religiões orientais afirmam que se o sujeito eliminar os desejos, consequentemente, eliminará os sofrimentos. Bem da verdade é que sofremos pela ausência de algo que queremos: comprar uma casa ou um carro, casar ou encontrar o parceiro ideal, ter uma carreira digna ou ter filhos, possuir um corpo ideal ou melhorar a saúde, etc.  Talvez, eliminar os problemas possa subtrair a realização de projetos e conquistas pessoais. Presumo que o ideal seria eliminar primeiramente os desejos impossíveis e depois buscar os desejos alcançáveis (Aqui, se deve ter cuidado com otimismo ou pessimismo exacerbados), colocando as prioridades à frente do desejável. De antemão aviso que a vida

PARCEIROS

Total de visualizações de página