Postagem em destaque

As Metáforas das Tamareiras

POR VANDI DOGADO  Certa vez ouvi de um palestrante a belíssima lenda de origem árabe que diz: “quem planta tamareira não colhe tâmaras”. Um afoito espectador na plateia interrompeu-o, erigindo a mão direita e, sem aguardar o devido consentimento, logo emendou em tom elevado e extenso: Mas, pooorqueeeee, senhor? O palestrante como se já esperasse o questionamento manifestou um incógnito sorriso e elucidou que a tamareira leva aproximadamente 100 anos para produzir frutos, ou seja, se considerarmos que a plantemos aos 20 anos de idade, teríamos de viver 120 anos para colher suas tâmaras. Considerei o provérbio esplêndido, porque dele se podem extrair nobres ensinamentos de linguagem e de sapiência. Primeiramente, se tomarmos a expressão no sentido denotativo, defrontemo-nos com uma típica falácia, pois, ainda que naquela época a expectativa de vida fosse baixa, haveria exceções para qualquer ser humano que plantasse a árvore antes dos vinte anos. Por exemplo, se uma criança de 10 anos

Ascensão e Vaidade

POR VANDI DOGADO
Nas mais diversas profissões, muitos evitam elogiar as habilidades e a competência de outros colegas. Sentem que o elogio pode colocar em risco a própria ascensão profissional. Uma grande besteira! O tempo possui o poder de dissipar os equívocos do egoísmo, da vaidade e do orgulho. Quando envelhecemos, a aproximação da morte alerta-nos da tolice da amizade perdida em nome da vaidade e da ascensão profissional. Na senilidade, o saber da fraqueza, torna-nos fortes. Na juventude, o saber da fortaleza, torna-nos fracos. Com passar dos anos as certezas são substituídas pela flexibilidade e pelo bom senso. Alguns aprendem mais cedo, outros mais tarde de que a competição vaidosa trará apenas amargura na alma. Devemos preservar o caráter ilibado em qualquer circunstância. Se quer ascender, não queira ser melhor que o outro, mas supere a si mesmo. Não tenha medo de elogiar, nem minta sobre a competência daqueles que julga serem seus adversários, pois muitos deles não lhe consideram um oponente, mas um parceiro e ainda que considerassem, você não obteria bons frutos na vã estratégia de competir a qualquer preço. Já ouvi músicas de Oswaldo Montenegro que homenageiam Zé Ramalho, Alceu Valença, Renato Teixeira... Parabéns ao cantor que não tem nenhuma objeção em expressar sua admiração aos colegas músicos, pois isso não diminuiu sua grandeza como artista.

PARCEIROS

Postagens mais visitadas deste blog

Por que o Brasil possui 2,5 milhões de casos a menos e 43 mil mortes a mais por Covid-19 do que a Índia?

A Vacina Chinesa é realmente Perigosa?

Quem é o misterioso escritor Tales Niechkron que despertou a fúria da extrema-direita no Brasil?

Total de visualizações de página