Postagem em destaque

As Metáforas das Tamareiras

POR VANDI DOGADO  Certa vez ouvi de um palestrante a belíssima lenda de origem árabe que diz: “quem planta tamareira não colhe tâmaras”. Um afoito espectador na plateia interrompeu-o, erigindo a mão direita e, sem aguardar o devido consentimento, logo emendou em tom elevado e extenso: Mas, pooorqueeeee, senhor? O palestrante como se já esperasse o questionamento manifestou um incógnito sorriso e elucidou que a tamareira leva aproximadamente 100 anos para produzir frutos, ou seja, se considerarmos que a plantemos aos 20 anos de idade, teríamos de viver 120 anos para colher suas tâmaras. Considerei o provérbio esplêndido, porque dele se podem extrair nobres ensinamentos de linguagem e de sapiência. Primeiramente, se tomarmos a expressão no sentido denotativo, defrontemo-nos com uma típica falácia, pois, ainda que naquela época a expectativa de vida fosse baixa, haveria exceções para qualquer ser humano que plantasse a árvore antes dos vinte anos. Por exemplo, se uma criança de 10 anos

Conhece o titubeão tecnológico?

POR VANDI DOGADO
Prezado leitor, já ouviu sobre o titubeão tecnológico? Não! Eu também não havia ouvido até resolver cunhar o termo para designar um tipo de transtorno contemporâneo manifestado por algumas pessoas. Agora, tenho certeza de que conhece as características. 
1. O titubeão tecnológico em vez de descansar, fica muito tempo no Whatsapp, Facebook e em jogos virtuais e no outro dia está cansado e não consegue realizar suas tarefas eficientemente, trabalhar ou estudar;
2. O titubeão tecnológico faz anos que não percebe a beleza das exuberantes borboletas sobre as imponentes flores do jardim;
3. O titubeão tecnológico perdeu a paciência de ouvir outras pessoas;
4. O titubeão tecnológico não dorme sem postar uma foto refletida no espelho;
5. O titubeão tecnológico está ficando evolutivamente corcunda de tanto curvar-se em direção ao celular;
6. O titubeão tecnológico não resiste de colocar a foto de um prato de comida em seu perfil;
7. O titubeão tecnológico passa horas procurando imagens com frase de efeito para compartilhar com os "amigos";
8. O titubeão tecnológico adora publicar indiretas aos seus desafetos e ex-amores;
9. O titubeão tecnológico distanciou-se da realidade, não beija nem abraça seus entes queridos;
10. O titubeão tecnológico é um prisioneiro em busca de não se sabe o quê.
OBS: Tecnologia: use com parcimônia e utilmente

 ESTE LIVRO MENCIONA O GENOCIDA DA PANDEMIA. SE É FANÁTICO, AFASTA-SE!


Comentários

PARCEIROS

Postagens mais visitadas deste blog

Por que o Brasil possui 2,5 milhões de casos a menos e 43 mil mortes a mais por Covid-19 do que a Índia?

A Vacina Chinesa é realmente Perigosa?

Quem é o misterioso escritor Tales Niechkron que despertou a fúria da extrema-direita no Brasil?

Total de visualizações de página