Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2015

Postagem em destaque

As Metáforas das Tamareiras

POR VANDI DOGADO  Certa vez ouvi de um palestrante a belíssima lenda de origem árabe que diz: “quem planta tamareira não colhe tâmaras”. Um afoito espectador na plateia interrompeu-o, erigindo a mão direita e, sem aguardar o devido consentimento, logo emendou em tom elevado e extenso: Mas, pooorqueeeee, senhor? O palestrante como se já esperasse o questionamento manifestou um incógnito sorriso e elucidou que a tamareira leva aproximadamente 100 anos para produzir frutos, ou seja, se considerarmos que a plantemos aos 20 anos de idade, teríamos de viver 120 anos para colher suas tâmaras. Considerei o provérbio esplêndido, porque dele se podem extrair nobres ensinamentos de linguagem e de sapiência. Primeiramente, se tomarmos a expressão no sentido denotativo, defrontemo-nos com uma típica falácia, pois, ainda que naquela época a expectativa de vida fosse baixa, haveria exceções para qualquer ser humano que plantasse a árvore antes dos vinte anos. Por exemplo, se uma criança de 10 anos

Os perigos da autoestima e da humildade

Imagem
POR VANDI DOGADO Há uma estreita relação entre os pares de palavras AUTOESTIMA-ARROGÂNCIA e HUMILDADE-SUBMISSÃO. Entretanto, são poucos que conseguem encontrar o limite entre uma e outra. Qualquer indivíduo que tenha baixa autoestima insere barreiras e obstáculos para as próprias ações, não consegue desenvolver todo o seu potencial, por isso a autoestima é extremamente relevante para o sucesso pessoal e profissional. Em contrapartida, o sujeito com autoestima elevada deve tomar imenso cuidado para não incorrer em arrogância. É neste ponto que entra a humildade, sendo atitude primordial para os bons relacionamentos interpessoais, todavia também se deve atentar para tal comportamento, pois humildade pode ser confundida com submissão e, consequentemente, provocar baixa autoestima. Como? Quer dizer que se temos autoestima elevada podemos nos tornar arrogantes? Exatamente! E, a humildade seria a solução para que isso ocorra? Isso mesmo! Mas, se a humildade não for efetuada refletidam

Consideração sobre o filme Os Vivos e os Mortos

Imagem
POR VANDI DOGADO Tardiamente assisti ao filme "Os Vivos e os Mortos" de John Houston, baseado no conto "Os Mortos" do livro "Dublinenses" de James Joyce. Ele conta a história de Gabriel e Greta, casal que comemora a tradicional Festa de Reis com amigos na casa das irmãs solteironas Morkan: Júlia e Kate (tias de Gabriel) e da sobrinha Mary Jane em uma noite fria de 1904 em Dublin. Durante a ceia, as personagens rememoram fatos melancólicos ocorridos com pessoas já falecidas. No final da festa, Greta abala-se ao ouvir uma música. Ao chegar ao quarto de sua casa confessa ao marido um segredo sobre um amado  da época da adolescência que teria morrido por ela. Então, Gabriel afasta-se, posto na janela, faz uma profunda reflexão sobre a vida e a morte. Embora o filme não tenha uma sequência lógica e a trama seja bem desconexa assim como o conto, possibilita a reflexão sobre nossa existência. O  filme não consegue transmitir totalmente a as intenções enc

Trabalho para quê?

Imagem
POR VANDI DOGADO Há um evidente estigma em nossa sociedade de que o trabalho é penoso e ruim, todavia se trata de um enorme equívoco. Interpretá-lo dessa forma é afastar-se dos “louros da vitória” e viver na mais pura infelicidade.  Um dia meu amigo Sr. Joaquim Matiello, na época com 92 anos, após me entregar uma garrafa de vinho, ato comum em todas as manhãs, disse-me empolgado sobre a possibilidade de uma pessoa ser bem-sucedida ou não profissional e pessoalmente. Segundo o amigo ancião, Thomas Alva Edison estava corretíssimo quando proferiu o axioma “1% é inspiração e 99% é transpiração”, isto é, a vitória somente atinge o homem por meio do suado trabalho contínuo e cumulativo. Sei que a verdade não é bem esta, há alguns limites genéticos; no entanto, os neurocientistas concordam que mesmo pessoas geniais como Steve Jobs, John Nash, Albert Einstein, Alain Turing, Galileu Galilei, Isaac Newton, Emanuel Kant, Dostoievsky e tantos outros dedicavam aproximadamente de 64 a 72 hor

Cheirar alecrim melhora a inteligência e o humor afirma pesquisa

Imagem
                                             POR VANDI DOGADO Já há algum tempo li uma matéria sobre os benefícios do alecrim, aliás, são muitos; logo resolvi inserir o chá no meu cotidiano. Quando o tomo sinto meu humor melhorar e me causa uma sensação de bem-estar devido suas  naturais propriedades relaxantes. Os pesquisadores vêm estudando os efeitos do chá sobre a longevidade na expectativa de vida altíssima em ilhas gregas. e o cérebro. Agora, uma pesquisa diz que basta cheirar a erva e haverá melhoria no humor e na cognição (matéria no final deste texto). Eu particularmente não sairei cheirando alecrim, prefiro o sabor único do chá, mas de acordo com os cientistas a inalação surte melhores efeitos porque a substância entra mais rapidamente no sangue. De acordo com alguns estudos o alecrim possui os seguintes benefícios: Alecrim é uma erva Mediterrâneo com folhas em forma de agulha e rosa, flores azuis ou roxas. A palavra “alecrim” vem das palavras latinas ros (que signif

Romance mais esperado do mercado editorial das últimas décadas

Imagem
O segundo romance de Harper Lee, autora do célebre "O Sol é para Todos", chegou nesta terça-feira (14/07/2015) às livrarias já na condição de best-seller, depois de cinco meses de espera por um lançamento considerado um dos acontecimentos mais importantes da história editorial. Descrito como um primeiro rascunho da história que antecedeu seu best-seller, o livro surpreendeu leitores e críticos por mostrar o heroico advogado Finch, vinte anos depois, como um racista que apoia a segregação. O livro vendeu mais de 1,6 milhões de exemplares em papel. Nos Estados Unidos, Reino Unido e Irlanda, algumas livrarias abriram à meia-noite para que os leitores pudessem comprar sua cópia de "Go Set a Watchman", continuação do clássico da literatura que proporcionou a sua autora, atualmente com 89 anos, um Prêmio Pulitzer e fama mundial em 1960. "Sou um apaixonado por livros e acho que faria qualquer coisa para apoiar os escritores e grandes livros como este",

O que é o PENTAQUARK?

Imagem
POR VANDI DOGADO Cientistas que trabalham no Grande Colisor de Hádrons (LHC, na sigla em inglês) - um acelerador de partículas gigantesco que fica na fronteira entre a França e a Suíça - anunciaram a descoberta de uma nova partícula, batizada de pentaquark. A primeira previsão da existência do pentaquark foi feita na década de 1960, mas, assim como o Bóson de Higgs (ou "partícula de Deus"), os cientistas não conseguiram detectar o pentaquark durante décadas. Saiba mais:  Em 1964, dois físicos, Murray Gell-Mann e George Zweig, propuseram, separadamente, a existência de partículas subatômicas conhecidas como quarks. As teorias deles afirmavam que as propriedades mais importantes de partículas conhecidas como bárions e mésons poderiam ser melhor explicadas se, na verdade, elas fossem formadas por partículas ainda menores. Zweig chamou estas partículas menores de "ases", um nome que não ficou muito popular. Gell-Mann as chamou de "quark", o nome pe

Geração só o título

Imagem
POR VANDI DOGADO Há tempos venho publicando artigos sobre os efeitos nocivos do mal uso das redes sociais, hoje possuímos uma geração que lê o título e compartilha todo o conteúdo, raramente alguém lê uma matéria até o final. O texto da Galileu logo abaixo aponta que nem vídeos e músicas são apreciados até o fim. Uns afirmam que isso se deva ao excesso de informações, mas não é bem por aí. Podemos fazer gestão do conhecimento e ler textos completos, nada contra ler títulos e leads no momento de selecionar os textos a serem lidos, o problema é que a grande maioria só fica no título e talvez no lead. Em 2013, escrevi o livro "Escrita e Leitura: novas tecnologias da informação e comunicação" (público-alvo: professores), sugerindo algumas formas de empregar as NTICs de forma didático-pedagógica, há inúmeras possibilidades de fazer isso. Esse é o grande desafio das escolas, ensinar os alunos a usar adequadamente as mídias, acontece que os professores também são vítimas do proce

Humanos invisíveis ou cegos opcionais?

Imagem
POR VANDI DOGADO Certa vez ouvi ou li, não me lembro bem quando nem onde, que há vários indivíduos invisíveis em nossa sociedade. Quem seriam? Mendigos, andarilhos e pedintes passam despercebidos às nossas retinas. Contudo, tenho de discordar de tal metáfora e apresentar outra, eles não são invisíveis, somos nós cegos por opção. Nossa cegueira não é uma condição, mas uma infeliz escolha. Fingimos não ver para não ter que oferecer auxílio. Já não nos importamos mais com o próximo, estamos muito preocupados em receber curtidas nas redes sociais e em consumir obcecadamente. Quantos padecem nas lotadas filas de hospitais públicos? Quantos não tem saneamento básico, água e alimento? Quantos são oprimidos pela violência? Quantos são invisíveis? Nenhum. Estão todos aos nossos olhos, mas somos cegos opcionais. Leia à vontade. Mais de 1 milhão de eBooks  Saiba mais Leia de graça OU Comprar agora OU Comprar agora com 1-clique Entregar no seu Kindle ou em outro di

Livro "Garota no Trem" Desbanca "O Símbolo Perdido" de Dan Brown

Imagem
Um recorde atingido há seis anos por O Símbolo Perdido , o best-seller de Dan Brown, foi derrubado nesta semana por um livro que já teve seus direitos para o cinema comprados pela Dreamworks e está para desembarcar no Brasil. A Garota no Trem, que a Record lança até o fim deste mês, completou vinte semanas na liderança da lista das ficções de capa dura mais vendidas no Reino Unido, sete dias a mais que thriller protagonizado por Robert Langdon. Os dados são da empresa especializada Nielsen BookScan, reproduzidos em reportagem do site do jornal britânico The Guardian. Nem Morte Súbita (A Casual Vacancy), a estreia na literatura adulta da criadora de Harry Potter, JK Rowling, ou os livros policiais que ela assina sob o pseudônimo de Robert Galbraith, foram tão bem em vendas quanto o thriller sombrio de Paula Hawkins, uma escritora nascida e criada no Zimbábue que vive em Londres desde os 17 anos. Nem mesmo o thriller erótico Cinquenta Tons de Cinza: lançado em paperback -- isto é, se

Livros mais vendidos em Ciência e Tecnologia na Amazon

Imagem
Obrigado a todos os leitores dos livros "Inteligência e Aprendizagem: desafios mentais" (psicologia cognitiva) e "Mentalux (Guia de estudo)", respectivamente o 1° e o 3° mais vendidos na categoria Ciência e Tecnologia da Amazon, ambos à frente de livros como "Um Breve História do Tempo" de Stephen Hawking e "O Mundo Assombrado pelos Demônios" de Carl Sagan. Embora tenha preferência em escrever livros literários, fico feliz pelo sucesso dos livros acadêmicos. Agradeço cada leitor com muito carinho pela leitura. Grande abraço a todos. Vandi Dogado, educador e escritor

Fardo leve ou pesado?

Imagem
POR VADI DOGADO Em uma cerimônia de posse um dos presentes ao fazer o discurso de homenagem disse "peço a Deus que seu fardo seja leve nesta nova empreitada". Ao que o homenageado respondeu "agradeço as sinceras palavras, todavia peço a Deus que meu fardo seja bem pesado, mas me conceda forças para poder suportá-lo. Uma vida sem desafios e obstáculos não provoca o nosso crescimento de sabedoria, caráter, humildade e noção de valor. Nunca desejei nem almejo facilidades, se assim o for perderá todo o mérito de realização". PS: A fato é uma homenagem a fala de nossa presidente Leia à vontade. Mais de 1 milhão de eBooks  Saiba mais Leia de graça OU Comprar agora OU Comprar agora com 1-clique Entregar no seu Kindle ou em outro dispositivo

O que há de oculto em Alice no País das Maravilhas?

Imagem
POR DIMITRA FINE  professora de inglês na Cardiff Metropolitan University (Galileu) Alice vai fazer 150 anos este ano - e ainda amamos ler sobre (ou assistir) as curiosas aventuras da garotinha no País das Maravilhas. Alguma coisa nesse livro o tornou um clássico atemporal, uma história fascinante que alcançou um público muito maior do que as crianças do século 19. Parte do motivo é que "Alice no País das Maravilhas" foi um ponto de virada na literatura infantil. Livros mais antigos e outras histórias para crianças tinham um foco na educação moral. A maioria dos livros estava lá para te ensinar como ser um bom garotinho ou uma boa garotinha, em vez de entreter e provocar a imaginação. Mas Lewis Carroll mudou tudo isso.  Alice sabe mais Em vez de instruir a criança, Carroll centrou a sua narrativa em uma garotinha que dava broncas em adultos, em um mundo no qual tudo é confuso. Alice dá conselhos de boas maneiras e reprime os habitantes do País das Maravilhas por

PARCEIROS

Total de visualizações de página