Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2015

Postagem em destaque

As Metáforas das Tamareiras

POR VANDI DOGADO  Certa vez ouvi de um palestrante a belíssima lenda de origem árabe que diz: “quem planta tamareira não colhe tâmaras”. Um afoito espectador na plateia interrompeu-o, erigindo a mão direita e, sem aguardar o devido consentimento, logo emendou em tom elevado e extenso: Mas, pooorqueeeee, senhor? O palestrante como se já esperasse o questionamento manifestou um incógnito sorriso e elucidou que a tamareira leva aproximadamente 100 anos para produzir frutos, ou seja, se considerarmos que a plantemos aos 20 anos de idade, teríamos de viver 120 anos para colher suas tâmaras. Considerei o provérbio esplêndido, porque dele se podem extrair nobres ensinamentos de linguagem e de sapiência. Primeiramente, se tomarmos a expressão no sentido denotativo, defrontemo-nos com uma típica falácia, pois, ainda que naquela época a expectativa de vida fosse baixa, haveria exceções para qualquer ser humano que plantasse a árvore antes dos vinte anos. Por exemplo, se uma criança de 10 anos

Os cães vieram ao mundo ensinar o valor do amor incondicional

Imagem
POR VANDI DOGADO Lembro-me do primeiro dia em que ela me viu. Minha esposa soltou-a e veio correndo pular sobre mim. Passou mais de um ano pulando e mordendo-me. Depois cresceu e tornou-se serena, mas não perdeu a alegria: saía pulando feito uma cabrita pelo quintal, pegava um tapete ou uma vassoura e balançava forte de um lado para o outro. Comia nas minhas e nas mãos de minha esposa. Sentava-se em meu colo e ofertava-me deliciosas lambidas... Era de uma inteligência incomum para um cão, conhecia horários, sabia pedir o que desejava e tinha um ótimo raciocínio... Aprendeu meu fraco, virava-se de barriga para cima e olhava-me com olhar maroto. Sabia que eu não resistia nenhuma vez, corria para acariciar sua linda barriguinha e encher-lhe de beijos. Era extremamente limpa e cheirosa, gostava de receber produtos novos. Se comprávamos um lençol novo, corria deitar-se sobre ele. Estava sempre ao nosso lado... Após minha esposa dar-lhe banho, vinha em disparada ao meu encontro manif

PARCEIROS

Total de visualizações de página