Postagem em destaque

As Metáforas das Tamareiras

POR VANDI DOGADO  Certa vez ouvi de um palestrante a belíssima lenda de origem árabe que diz: “quem planta tamareira não colhe tâmaras”. Um afoito espectador na plateia interrompeu-o, erigindo a mão direita e, sem aguardar o devido consentimento, logo emendou em tom elevado e extenso: Mas, pooorqueeeee, senhor? O palestrante como se já esperasse o questionamento manifestou um incógnito sorriso e elucidou que a tamareira leva aproximadamente 100 anos para produzir frutos, ou seja, se considerarmos que a plantemos aos 20 anos de idade, teríamos de viver 120 anos para colher suas tâmaras. Considerei o provérbio esplêndido, porque dele se podem extrair nobres ensinamentos de linguagem e de sapiência. Primeiramente, se tomarmos a expressão no sentido denotativo, defrontemo-nos com uma típica falácia, pois, ainda que naquela época a expectativa de vida fosse baixa, haveria exceções para qualquer ser humano que plantasse a árvore antes dos vinte anos. Por exemplo, se uma criança de 10 anos

Consegue resolver este intrigante desafio criado na Universidade de Cambridge?

POR VANDI DOGADO
Estudos neurocientíficos provam que desafiar o cérebro nas mais diversas áreas provoca neurogênese e consequentemente oferece-nos benefícios fantásticos ao nosso cérebro. Logo, sempre trago aqui no Tardígrado Litteris desafios mentais a fim de divertir e treinar o cérebro de nossos perspicazes leitores. O teste de hoje foi criado na Universidade de Cambridge Para falar a verdade, é uma versão do clássico teste chinês e é bem simples. Quer tentar? FAÇA TESTE
Dois adultos e duas crianças querem cruzar um rio. Eles fazem uma balsa, mas ela só suporta o peso de um adulto ou duas crianças.
Qual é o mínimo de vezes que a balsa precisa cruzar o rio para levar todos até o outro lado?
CONFIRA SE ACERTOU LOGO ABAIXO, MAS NÃO OLHE SEM TENTAR. CERTO?
RESPOSTA
O mínimo são nove. Você pode ter abordado a questão de diferentes formas. Esta é uma possível.
Na primeira viagem, as duas crianças cruzam, uma fica e a outra faz a segunda viagem para voltar e trazer a balsa de volta. Na terceira, um adulto cruza para a outra margem, e a criança que ficou lá faz a quarta viagem e a traz de volta.
Depois, esse procedimento se repete, para levar o segundo adulto à outra margem, totalizando sete viagens. Na oitava, uma criança volta com a balsa para pegar a segunda criança. Na nona viagem, as duas cruzam o rio juntas.
*Esse enigma foi elaborado pelo projeto NRICH, da Universidade de Cambridge, no Reino Unido - via o programa Today, da BBC

Leia à vontade. Mais de 1 milhão de eBooks Saiba mais
Leia de graça
OU
OU
Entregar no seu Kindle ou em outro dispositivo

Comentários

PARCEIROS

Postagens mais visitadas deste blog

Por que o Brasil possui 2,5 milhões de casos a menos e 43 mil mortes a mais por Covid-19 do que a Índia?

A Vacina Chinesa é realmente Perigosa?

Quem é o misterioso escritor Tales Niechkron que despertou a fúria da extrema-direita no Brasil?

Total de visualizações de página